COMO AJUDAR

Sendo Sócio (mínimo 2 euros mensais); Voluntário / Apadrinhar; Adoptando um animal Donativos em géneros: Ração para cão/gato; Mantas / Camas / Casotas; Anti-parasitários Donativo monetário: NIB: 0035 0774 0013 9251 33043 NIF: 506 350 312 TLM - 938514487 ( deixe sms ou telefone das 7h30 as 8h15 ou depois das 19h00) Email: sobreviver.setubal@hotmail.com



segunda-feira, dezembro 29, 2008

AFINAL QUEM SÃO OS ANIMAIS????

Mais uma vez o ser humano dá mostras da sua ignorância e estupidez... ou será simplesmente crueldade?
No dia 26 de Dezembro pelas 19h30, em Azeitão, num CONTENTOR DO LIXO (próximo do terminal de autocarros), mais uma ninhada... Eram 5 cachorros recém-nascidos, no meio do lixo domestico. Como é óbvio estavam a morrer de fome e de frio.
Agora eu pergunto quem é a BESTA que tem coragem para tal, (sinceramente não sei como ainda fico chocada com casos destes, pois não são assim tão raros).
Qual será o motivo que leva estes monstros a tomarem estas atitudes se há tantas outras soluções, tais como:
1 - Esterilização
2 - Pílula
3 - Não deixar a cadela ser coberta quando está cio
No caso de não cumprir nenhum dos passos anteriores pode sempre optar por:
4 - Esterilização logo após o cio (mesmo a cadela estando gravida)
5 - Injecção Abortiva

Nunca deixá-los a morrer lentamente no contentor de lixo mais próximo

Graças a um amigo que foi pôr o seu lixo e ouviu os gemidos retirou-os de imediato, estavam mesmo dentro do saco do lixo como se fossem mais um pacote de leite vazio ou mais umas cascas de batata, contactou-nos e lá fomos nós. Estavam super molhados e como é obvio com o frio que estava os pobrezinhos estavam gelados, não paravam de gemer de fome e tinham um cheiro horrível. Chegados a casa barriguinha cheia, já mais quentinhos, dormiram como anjos.

SÓ MAIS UM PORMENOR, ELES SÃO LINDOS!!!

PS:Fotos dos meninos brevemente

1 comentário:

garrafa e mar disse...

Quem fez isso não são animais, animais não são irresponsáveis. Uma simples aranha faz tudo que precisa para sobreviver e, mesmo sem saber, contribui para que o meio ambiente continue equilibrado.

O ser-humano é que, mesmo sabendo de mais, quase sempre faz pouco. Muito pouco.

Abraços