COMO AJUDAR

Sendo Sócio (mínimo 2 euros mensais); Voluntário / Apadrinhar; Adoptando um animal Donativos em géneros: Ração para cão/gato; Mantas / Camas / Casotas; Anti-parasitários Donativo monetário: NIB: 0035 0774 0013 9251 33043 NIF: 506 350 312 TLM - 938514487 ( deixe sms ou telefone das 7h30 as 8h15 ou depois das 19h00) Email: sobreviver.setubal@hotmail.com



sexta-feira, agosto 04, 2006

Vantagens em adoptar um Animal Adulto

Os animais abandonados já foram bebés. Já viveram numa casa que depois, por algum motivo, os dispensou. Muitos são deixados para trás no mato, no caminho para as férias, outros são encontrados à beira das auto-estradas e outros são deixados nos canis/ gatis pelos próprios donos. As histórias repetem-se. E os animais esmorecem aos poucos num canto esperando pelos seus donos. Muitos adoecem com graves depressões e deixam-se morrer, evitando a comida e a água.

Um animal, independentemente da sua idade, tem muito amor para dar. Os animais abandonados, quer gatos quer cães, aprendem a amar quem lhes quiser bem. De facto, já passaram por tanta negligência e maldade que aprendem a amar a nova família adoptante de uma maneira incondicional.
Os animais abandonados têm uma história muito triste por contar. Não deixem que uma dermatite causada pelas andanças na rua, a sua magreza ou a sua triste aparência vos iluda. Quando tinham don@ o seu pêlo era lindo, eles corriam felizes e tinham um belo porte. Agora abandonados parece que todo o mundo desistiu deles. Vivem uma vida marginal, sobrevivendo de algumas (raras) pessoas bondosas que se vão sensibilizando. Muitos de vocês têm um animal. Agora imaginem como seria se o vosso menino andasse vagueando pela rua tentando sobreviver... É o que milhares deles fazem. E cada dia que sobrevivem é uma vitória.
Que bom seria voltarem a ter uma casa que lhes desse mimo, que os acolhesse e que os tratasse para que o seu pêlo voltasse a brilhar. Que orgulho seria ter um guerreiro destes em casa…
São várias as vantagens de adoptar animais adultos:
Em vez de alimentar o negócio da compra de animais que só enriquece certos bolsos estarão a retirar um animal de um canil/ gatil, evitando o abate de uma vida inocente. Anualmente milhares de animais são abandonados, de todas as idades e de todas as raças. Rottweilers, huskies, caniches e pitbulls são exemplos;
Muitos animais, exactamente por terem sido abandonados por alguém sem escrúpulos, são «housetrained», isto é, muitos já foram educados para viverem em casa e têm, por isso, certos hábitos incutidos. Hábitos higiénicos – como por exemplo, o hábito de passear na rua, recusando fazer necessidades em locais fechados; o hábito de não ladrarem às visitas; ou de se comportarem às horas de refeição;
Já não terão o hábito de roer a mobília (próprio de muitos cachorros durante a mudança de dentição) e alguns – concretamente aqueles que tiverem sido abandonados já adultos – estão ensinados a não fazer as necessidades em casa. Também não fazem as interrupções naturais dos animais bebés durante a noite para serem alimentados;
Os animais abandonados estão de tal forma gratos por uma segunda oportunidade ao serem retirados dos seus abrigos, da rua ou do canil/gatil que exibem comportamentos altamente dóceis e carinhosos para com os seus novos donos;
Uma das grandes vantagens em adoptar um animal abandonado é a percepção automática do seu carácter apenas através da observação imediata do animal. Muitos cachorros/ gatinhos bebés crescem nas nossas casas e ganham hábitos muito «humanos». Querem tomar as refeições à mesma hora que os seus donos, exigindo atenção; os cães ladram aos vizinhos e visitas porque não foram totalmente ensinados; ou são ciumentos e possessivos com os seus pertences. De facto, quando um cachorro/ gatinho é adquirido não sabemos exactamente que carácter irá desenvolver. Pelo contrário, um animal adulto é tal e qual como se mostra à partida. A personalidade que exibe no momento espelha aquilo que ele é. Assim, se mostra ser carinhoso com crianças, se se deixa tocar enquanto está a comer ou se demonstra estar à vontade com coleira e trela sabemos que é esse o seu comportamento, deixando-nos completamente relaxados;
Os cães e gatos abandonados são tendencialmente carinhosos. Os cães, por exemplo, tornam-se altamente seguidores das nossas actividades, mostrando-se sempre preparados para nos acompanhar onde quer que seja, sempre com um receio inconsciente de que sejam novamente abandonados. Os gatos procuram igualmente a nossa companhia, mimando-nos incondicionalmente. Eles são os animais domésticos que mais notam as diferenças ambientais. Um novo lar e muitos mimos irão deixá-los completamente derretidos.

4 comentários:

Em defesa dos animais disse...

PARABÉNS!!!

Só uma pessoa com um coração de ouro pode escrever estas palavras tão bonitas e apelativas.
Concordo plenamente com este texto. Fico profundamente triste quando vejo um animal abandonado.

Por favor, vamos todos continuar a tentar sensibilizar as pessoas a mudarem, a serem amigas dos animais, a tratarem os animais como eles merecem ser tratados.

Mais uma vez PARABÉNS aos autores deste blog.

Sobreviver disse...

Obrigada! Em nome de toda a Sobreviver!

Estamos a chegar às pessoas a pouco e pouco e com o apoio das mesmas teremos de certo impacto na opinião dos setubalenses/ portugueses. Por favor apoiem-nos! Divulguem por mail os animais que surgem no blog de forma a promover finais felizes.

Já salvámos alguns animais! Que todos nós sejamos heróis e heroinas dos milhares de focinhos que vagueiam por aí!

natalia disse...

Eu e meu pai temos 5 cachorrinhos,3 sao adotados,de rua.O texto eh lindo e mto pertinente.Seu pudessemos,adotariamos todos.

Acabamos de encontrar mais um,abandonado. Ao contrario dos outros,ele eh mto triste e apesar de estar bem cuidado agora ele nao se alegra . Rquer mta paciencia e amor. Continuaremos insistindo,nao desitiremos de nosso novo amigo porque sabemos o quanto ele necessita de nos.

natalia disse...

Voces fazem um trabalho belo e louvavel ! Prabens ! O texto eh belissimo, mto pertinente ! Sou do brasil e dentro do possivel,ajudo os cachorrinhos de rua de minha cidade. Temos 5 e encontramos mais um. Tentamos achar um lar para ele,mas sendo ele um cachorrinho jah velho e mto maltratado ,nao conseguimos. Nao desistirei do meu amiguinho. Mesmo nao tendo mto espaco,tenho amor de sobra e cuidarei dele eu mesma e tenho certeza de que ele se recuperarah mto bem.

Ele se parece com um dos caezinhos pretinhos da foto aih embaixo,lindo.

Bem,mais uma vez, continuem com ese blog e com o trabalho !